BLOG

Pedagogia da indignação*: uma resenha sem delírios

por Thomas Giulliano

“Antigamente os animais falavam. Hoje escrevem.” Millôr Fernandes   O medievalista francês Georges Duby dizia que o historiador não deve se fechar em sua toca, ainda que exitosa. Na condição de seu leitor, sei que ficar confinado na certeza dos números seria uma sandice.  Por mais que os resultados de meu trabalho sejam expressivos, afinal, especificamente em […]

Continuar lendo...
O diletantismo especulativo de Walter Kohan ataca a inteligência

por Thomas Giulliano

Há alguns anos, repito que se fôssemos um país intelectualmente saudável, jamais veríamos um jovem amante da disciplina de Heródoto refutar o Patrono da Educação de seu país. Desgraçadamente, não é essa a nossa realidade. Aqui na terra de Tibiriçá há necessidades pedagógicas de todos os tipos e gostos. Convivemos com problemas que, há décadas, […]

Continuar lendo...
Poltrona

por Thomas Giulliano

Depois de 15 anos, sentei nesse espelho com imagem de poltrona laranja. O chavão diz que números são mais precisos que palavras. Minha imprecisão com as palavras é alta. Só há poucos anos comecei a estudar latim e a separar o vocativo. Prestei meu primeiro vestibular quando ainda escrevia concerteza e craseava o a todos. […]

Continuar lendo...

CONHEÇA A OBRA QUE ESTÁ DESCONSTRUINDO PAULO FREIRE

Fale conosco:
[email protected]